Home Polícia Civil Suspeito de homicídio em Senador Pompeu é preso em Santa Catarina

Suspeito de homicídio em Senador Pompeu é preso em Santa Catarina

Uma ação conjunta entre a Polícia Civil do Ceará, por meio da Delegacia Regional de Senador Pompeu, e a Polícia Civil de Santa Catarina, resultou na prisão de um homem investigado pelo envolvimento em um crime de homicídio na cidade de Senador Pompeu, no Sertão Central. A prisão do suspeito aconteceu nessa quarta-feira, 22, na cidade de Massaranduba, no estado catarinense.

Conforme o trabalho investigativo, os policiais civis de Senador Pompeu identificaram que Francisco José Moreno Silva, de 46 anos, com antecedentes criminais por tentativa de homicídio, estaria localizado na cidade de Massaranduba, no estado de Santa Catarina. Francisco José estava com um mandado de prisão preventiva em aberto pelo crime de homicídio. A ordem judicial foi expedida pela 1ª Vara de Senador Pompeu.

Após a troca de informações entre as Polícias Civis do Ceará e de Santa Catarina, os policiais realizaram diligências e localizaram o suspeito. Ele foi conduzido para uma delegacia do município de Massaranduba, onde foi efetivado o cumprimento da ordem de prisão preventiva contra ele. Após os procedimentos, Francisco José será recambiado ao estado do Ceará, onde será entregue ao sistema prisional e ficará à disposição do Poder Judiciário cearense.

Denúncias

A população pode contribuir com as investigações repassando informações que auxiliem os trabalhos policiais. As informações podem ser direcionadas para o (88) 98138-4505, o número de WhatsApp da Delegacia Regional de Senador Pompeu, pelo qual podem ser feitas denúncias via mensagem, áudio, vídeo e fotografia. O sigilo e o anonimato são garantidos.

As denúncias também podem ser encaminhadas para o telefone 181, o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), ou para o (85) 3101-0181, que é o número de WhatsApp. O sigilo e o anonimato são garantidos.

Repórter Ceará

não houve comentários

Deixe seu comentário:

Please enter your comment!
Please enter your name here

Sair da versão mobile