Home Política Limites territoriais de Russas, Limoeiro e Morada Nova serão discutidos pela Assembleia...

Limites territoriais de Russas, Limoeiro e Morada Nova serão discutidos pela Assembleia Legislativa

O Comitê de Estudos de Limites e Divisas Territoriais da Assembleia Legislativa do Ceará (Celditec), presidido pela deputada Augusta Brito (PCdoB), realiza, na segunda-feira, 20, reunião com lideranças políticas municipais de Russas, Morada Nova e Limoeiro do Norte para tratar dos limites territoriais entre os três municípios. O evento acontece no Salão Nobre da Presidência da Casa, a partir das 14h.

O coordenador do comitê, Luiz Carlos Mourão, explicou que existe uma antiga indefinição de limites na localidade de Lagoa Funda, envolvendo os municípios de Russas e Morada Nova. Segundo Mourão, a localidade fica dentro dos limites de Russas, porém, toda a assistência à população, composta por escola, posto de saúde, programas sociais, é feita por Morada Nova. “Para se ter uma ideia, não há sequer acesso à sede do município de Russas. Inclusive não há sequer um eleitor com domicílio eleitoral em Russas nessa área, sendo todos eleitores de Morada Nova”, apontou.

Foram convidados para o encontro prefeitos e representantes municipais, bem como o presidente da AL, deputado Evandro Leitão (PDT), deputados estaduais, técnicos do Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (Ipece), Instituto Brasileiro de Geografia e Estatístia (IBGE) e do Celditec.

O coordenador do comitê informa que, nos últimos anos, Russas subiu de faixa de arrecadação duas vezes, fato quase inédito entre os municípios cearenses, a partir das atualizações anuais do IBGE. “Os prefeitos se manifestaram contra o acordo porque, sem a população de Lagoa Funda, com cerca de 2.600 pessoas, Russas se distancia da próxima elevação de faixa”, explica. Para tratar do assunto, já aconteceram algumas reuniões com os prefeitos e ex-gestores, conforme acentua o coordenador. Sobre os municípios de Russas, Limoeiro do Norte e Morada Nova, ele lembra que já foram realizadas três reuniões anteriores.

Além da questão populacional, o coordenador frisa que há escolas que estão sendo reformadas, e o prefeito de Morada Nova, Wanderley Nogueira , vem encontrando dificuldades de concluir o trabalho porque foram suspensos repasses de verbas federais. “Todos os equipamentos públicos são hoje georreferenciados. Quando, em Brasília, buscam-se as coordenadas da escola, a localização é referente a Russas, o que impede a transferência de recursos”, pontua.

Repórter Ceará

Deixe seu comentário:

Please enter your comment!
Please enter your name here